(11) 4158-5406   (11) 98232-0183

Alcoolismo e suas consequências no meio social

6 de Maio de 2016

Tratamento Alcoolismo

Tratamento para Alcoolismo: O Alcoolismo é uma intoxicação aguda ou crônica provocada pelo consumo de bebidas alcoólicas, que chega a criar hábito e dependência ou toxicomania. É uma doença progressiva, incurável e fatal se o alcoolista não parar de beber. Pode ser detida, mas se não for, levará suas vítimas a doenças físicas, loucura ou morte prematura. Além disso, os alcoólicos poderão se envolver em situações psicossociais desagradáveis como: desestruturação familiar, desestruturação psíquica, desemprego, solidão, crime e marginalidade. No Brasil, os problemas relacionados com o abuso e dependência do álcool são cada vez mais objetivos de preocupação por parte das autoridades governamentais, profissionais de saúde, da educação e da família, em decorrência do crescente aumento do consumo pela população, atingindo, de forma indiscriminada, homens, mulheres, adolescentes e idosos, independentemente de classe social. A Nova Enciclopédia Barsa (2001), nos apresenta que as causas do alcoolismo podem ser esquematicamente divididas em:

1) ocasionais: quando determinadas pelo próprio meio ambiente;

2) secundárias: quando a ocorrência do hábito se faz após um transtorno mental, como a epilepsia e a arteriosclerose cerebral;

3) alcoolismo de causa psicopática: quando disposições caracterológicas congênitas facilitam o vício;

4) alcoolismo por conflituação neurótica: o desenvolvimento neurótico da personalidade é que vai condicionar o aparecimento do hábito. Segundo Losovski (1998, p. 65), O alcoolismo não atinge apenas um indivíduo, mas sim toda a família. O desajuste que provoca no lar, o drástico impacto na formação da personalidade dos filhos, mostra que nós não estamos diante de um indivíduo enfermo, mas de uma família que adoeceu e é ela em conjunto que deve ser recuperada. Tratamento para Alcoolismo.

As mulheres desenvolvem concentrações sanguíneas mais elevadas do álcool, mesmo quando bebem uma mesma quantidade, mesmo levando em conta  diferenças de peso corporal.

Essa sensibilidade baseia-se, em parte na maior proporção de gordura e menor proporção de água no corpo feminino.

O álcool ingerido e diluído em uma menor proporção de água, resultando em um aumento de concentração. Alem disso, as mulheres exibem menor atividade uma enzima chamada álcool desidrogenase no estomago.

Leia sobre o Alcoolismo Feminino.

Tratamento para Alcoolismo.

Referência: Clínicas Master

Publicado em Geral por Rafael Santos