(11) 4158-5406   (11) 98232-0183    (11) 99627-0721
Pesquisar Clínica

Teste de Drogas

A OMS (Organização Mundial de Saúde) e o NIDA (National Institute on Drug Abuse) dos EUA definem droga de abuso como sendo qualquer substância que quando usada, legal ou ilegalmente, causa danos psicológicos, mentais, emocionais ou sociais.

 

Para efeitos de sigilo, primando pela confidencialidade e conduta ética, o Toxilab criou o seguinte código: DAU (Drogas de Abuso na Urina) para que o cliente sinta-se mais a vontade em solicitar qualquer análise deste grupo.

 

Nome: Anfetaminas
Código: DAU-A
Material: Urina ao acaso
Tempo de detecção após utilização da droga: Os metabólitos são detectáveis na urina por até 48 horas. Sua excreção é PH dependente.

 

Detecta como principais metabólitos a D Anfetamina e a D, L Anfetamina.

 

Nome: Metanfetaminas
Código: MTT
Material: Urina ao acaso
Tempo de detecção após utilização da droga: Os metabólitos são detectáveis na urina por até 48 horas. Sua excreção é PH dependente.

 

Os testes detectam a presença dos compostos Metilenodioxianfetamina e Metilenodioximetanfetamina.(ecstasy)

 

Nome: Barbitúricos
Código: DAU-B
Material: Urina ao acaso
Tempo de detecção após utilização da droga: Os Barbitúricos, dependendo de sua ação, perduram detectáveis por vários dias.

Tem como principal composto detectável o Secobarbital e conta com ampla especificidade analítica.

Nome: Benzodiazepinicos*
Código: BEN
Material: Urina ao acaso
Tempo de detecção após utilização da droga: Geralmente detectáveis em até 7 dias. Usuários frequentes apresentam positividade mais prolongada.

 

Este teste tem como especificidade analítica uma lista de derivados do Diazepam.

 

Nome: Opiáceos
Código: DAU-O
Material: Urina ao acaso
Tempo de detecção após utilização da droga: Tem um prazo de excreção de 1 a 4 dias.
Pesquisa na urina os metabólitos da morfina, codeína e derivados.

 

Nome: Cocaína / Crack / Merla / OXI**
Código: DAU-C
Material: Urina ao acaso
Tempo de detecção após utilização da droga: Detectável até 3 dias.

 

Detecta especificamente o metabólito benzoilecgonina, presente na urina de quem usou cocaína ou derivados. Não existe diferenciação entre o uso de cocaína ou derivados. Trata-se da mesma droga (cocaína) preparada de maneiras diferentes transformando-a em crack ou oxi.

 

Nome: Inalantes
Código: INA
Material: Urina ao acaso
Tempo de detecção após utilização da droga: Até 24 horas para hidrocarbonetos aromáticos. Até 100 horas para hidrocarbonetos alifáticos.

 

Detecta presença de solventes orgânicos.

 

Nome: Maconha 
Código:
 DAU-M
Material: Urina ao acaso
Tempo de detecção após utilização da droga: Presente na urina 3 a 5 dias para usuários esporádicos e de 25 a 30 dias para usuários frequentes.

 

Detecta presença dos derivados do THC em urina humana.

 

Nome: Etanol
Código: ETU, ETS
Material: Amostra de urina ou amostra de sangue
Tempo de detecção após utilização da droga: A eliminação urinária do etanol dura de 6 até um pico máximo de 48 horas. No sangue o pico alcoólico se dá entre 40 a 70 minutos após a ingestão.

 

Pesquisa de etanol no sangue e urina por cromatografia gasosa.

 

Nome: Metadona
Código: MTD 
Material:
 Urina ao acaso
Tempo de detecção após utilização da droga: Detectável até 3 dias.

 

Analgésico narcótico.

 

Nome: LSD
Código:
 LSD
Material: Urina ao acaso
Tempo de detecção após utilização da droga:Detectável entre 24 e 72 horas.

 

A dietilamida do ácido lisérgico é uma das mais potentes drogas alucinógenas conhecidas.

 

* Alguns Benzodiazepínicos são utilizados como “boa noite cinderela”.
** OXI é uma droga semelhante ao crack, produzida com a pasta de cocaína e acrescida de querosene, gasolina e cal virgem.

 

Drogas no Cabelo

 

O teste de Drogas de Abuso no cabelo apresenta um tempo de detecção de 90 dias, detectando a partir de 5 a 7 dias do consumo da droga, mesmo em baixas concentrações.

 

A presença de drogas no cabelo é baseada no fato de que as drogas ingeridas circulam na corrente sanguínea do usuário, e este sangue nutre o folículo capilar em desenvolvimento. Pequenas quantidades de entorpecentes ficam impregnadas no interior do cabelo em quantidades proporcionais às que foram ingeridas.

 

Drogas pesquisadas no cabelo:

 

• Maconha
• Cocaína
• Metanfetamina (Ecstasy)
• Opiáceos
• PCP (Fenciclidina)

 

Material

 

Mulheres: amostra de cabelo com pelo menos 4 cm de comprimento, cortados rente à pele.

 

Homens: amostra de pêlo de qualquer parte do corpo (barba, bigode, braços, etc.), cortados rente à pele.

 

* Exame realizado nos Estados Unidos pelo Laboratório Psychemedics.

AJUDE A SALVAR UMA VIDA!

Curta nossa página e ajude a divulgar nosso trabalho.

CONTEÚDO EXCLUSIVO

Ainda não tem certeza qual a melhor atitude? Receba nosso conteúdo exclusivo.