(11) 98232-0183  | (11) 4158-5406  
Pesquisar Clínica

Alcoolismo tem cura? Qual o tratamento?

Alcoolismo tem cura? Qual o tratamento?

Infelizmente, o alcoolismo não tem cura. Existe apenas a remissão dos sintomas, mas o alcoolista nunca mais poderá tomar um gole sequer de álcool. O processo de tratamento é complexo e demorado, mas pode ser feito com segurança quando acompanhado por profissionais capacitados.

 

Desintoxicação

A primeira etapa do tratamento é a desintoxicação, na qual o paciente entra em um período de abstinência do álcool. Ele deve ser feito com o acompanhamento de um psiquiatra e pode ser necessário internação. Durante esse período, avalia-se os danos físicos e mentais do consumo de álcool em grande quantidade e por tanto tempo. Algumas vezes, o médico pode receitar medicamentos para auxiliar na desintoxicação. Eles trabalham controlando a impulsividade e dando sensações desagradáveis ao consumir álcool, por exemplo.

Terapia de grupo

Embora a psicoterapia individual auxilie, alguns estudos mostram que a terapia de grupo é mais eficaz na prevenção de recaídas, mudança de hábitos e situações sociais. Existem muitas clínicas e programas especializados na recuperação de alcoolistas. Terapia Cognitiva visa corrigir padrões distorcidos de pensamentos e comportamentos de um indivíduo, mas sim suas cognições ou interpretações a respeito dessa situação. Os procedimentos aplicados visam a identificação de pensamentos distorcidos (cognições) e a correção dos mesmos com o objetivo de mudar as crenças prejudiciais ou dos esquemas que se encontram como “pano de fundo” a essas cognições, e encontrar alternativas que mudarão seus sentimentos e emoções.

Psicoterapia

Após a desintoxicação, a psicoterapia é a próxima etapa para a remissão dos sintomas. A abordagem mais utilizada nesses casos é a Terapia Cognitivo-Comportamental (TCC), que envolve a aprendizagem de técnicas para evitar recaídas, além de auxiliar na mudança de hábitos e pensamentos que podem servir de gatilho para a bebedeira.Outras abordagens psicoterápicas como a psicanálise e a gestalt-terapia também podem ajudar, especialmente se o hábito de beber está associado a outros transtornos mentais.

AJUDE A SALVAR UMA VIDA!

Curta nossa página e ajude a divulgar nosso trabalho.

CONTEÚDO EXCLUSIVO

Ainda não tem certeza qual a melhor atitude? Receba nosso conteúdo exclusivo.