(11) 4158-5406   (11) 98232-0183    (11) 99627-0721
Pesquisar Clínica

Clínica Master Para Alcoólatras

  1. Desejo intenso ou compulsão para ingerir bebidas alcoólicas.
  2. Tolerância: necessidade de doses crescentes de álcool para atingir o mesmo efeito obtido com doses anteriormente inferiores ou efeito cada vez menor com uma mesma dose da substância;
  3. Abstinência: síndrome típica e de duração limitada que ocorre quando o uso do álcool é interrompido ou reduzido drasticamente.
  4. Aumento do tempo empregado em conseguir, consumir ou recuperar-se dos efeitos da substância; abandono progressivo de outros prazeres ou interesses devido ao consumo.
  5. Desejo de reduzir ou controlar o consumo do álcool com repetidos insucessos também são sintomas do alcoolismo.
  6. Persistência no consumo de álcool mesmo em situações em que o consumo é contraindicado ou apesar de provas evidentes de prejuízos, tais como, lesões hepáticas causadas pelo consumo excessivo de álcool, humor deprimido ou perturbação das funções cognitivas relacionada ao consumo do álcool.

De acordo com o CID-10, para que se caracterize dependência, pelo menos três dos sintomas do alcoolismo devem estar presentes em qualquer momento durante o ano anterior.

Se você respondeu sim para a maioria das perguntas é hora de procurar ajuda.

Entre os indivíduos dependentes, há diferentes níveis de gravidade que dependerão da presença de sintomas de abstinência e da quantidade e impacto das perdas e prejuízos advindos do uso da substância.

Independentemente do nível de gravidade dos sintomas do alcoolismo é importante buscar auxílio para que o dependente possa ter chance de se recuperar. Existem diversos tipos de tratamento e o alcoolista pode escolher um ou mais. O importante é que ele sinta-se seguro, acolhido e respeitado para percorrer a caminhada da sobriedade.

AJUDE A SALVAR UMA VIDA!

Curta nossa página e ajude a divulgar nosso trabalho.

CONTEÚDO EXCLUSIVO

Ainda não tem certeza qual a melhor atitude? Receba nosso conteúdo exclusivo.